venerdì 30 gennaio 2009

Inéditos de Herberto Helder


Para esclarecer as dúvidas de alguns leitores e livreiros que nos têm chegado nos últimos dias, reproduzimos a seguir a estrutura fundamental do índice de Ofício Cantante, «título escolhido para a primeira publicação, em 1967, de poemas reunidos do autor [...] agora recuperado para a sua poesia completa», conforme reza a nota editorial de abertura desta edição. A COLHER NA BOCA [pp. 7-102], POEMACTO [103-124], LUGAR [125-182], COMUNICAÇÃO ACADÉMICA [183-186], A MÁQUINA LÍRICA [187-214], A MÁQUINA DE EMARANHAR PAISAGENS [215-221], HÚMUS [223-239], CINCO CANÇÕES LACUNARES [241-257], OS BRANCOS ARQUIPÉLAGOS [259-269], ANTROPOFAGIAS [271-296], ETC. [297-302], EXEMPLOS [303-316], O CORPO O LUXO A OBRA [317-328], DEDICATÓRIA [329-347], FLASH, [349-367], A CABEÇA ENTRE AS MÃOS [369-396], ÚLTIMA CIÊNCIA [397-438], OS SELOS [439-467], OS SELOS, OUTROS, ÚLTIMOS [469-482], DO MUNDO [483-531], A FACA NÃO CORTA O FOGO [533-618].
Para além de poemas retrabalhados e aumentados, refira-se ainda que A Faca Não Corta o Fogo, agora parte integrante dos poemas reunidos em Ofício Cantante, acrescenta 10 poemas inéditos à edição súmula & inédita de 2008.

fonte: http://www.assirioealvim.blogspot.com/

martedì 27 gennaio 2009

Vinicio Capossela canta "La città vecchia" di Fabrizio de Andrè (speciale De Andrè 2009)


Nei quartieri dove il sole del buon Dio non dà i suoi raggi
ha già troppi impegni per scaldar la gente d'altri paraggi,
una bimba canta la canzone antica della donnaccia
quello che ancor non sai tu lo imparerai solo qui tra le mie braccia.

E se alla sua età le difetterà la competenza
presto affinerà le capacità con l'esperienza
dove sono andati i tempi di una volta per Giunone
quando ci voleva per fare il mestiere anche un po' di vocazione.

Una gamba qua, una gamba là, gonfi di vino
quattro pensionati mezzo avvelenati al tavolino
li troverai là, col tempo che fa, estate e inverno
a stratracannare a stramaledire le donne, il tempo ed il governo.

Loro cercan là, la felicità dentro a un bicchiere
per dimenticare d'esser stati presi per il sedere
ci sarà allegria anche in agonia col vino forte
porteran sul viso l'ombra di un sorriso tra le braccia della morte.

Vecchio professore cosa vai cercando in quel portone
forse quella che sola ti può dare una lezione
quella che di giorno chiami con disprezzo pubblica moglie.
Quella che di notte stabilisce il prezzo alle tue voglie.

Tu la cercherai, tu la invocherai più di una notte
ti alzerai disfatto rimandando tutto al ventisette
quando incasserai delapiderai mezza pensione
diecimila lire per sentirti dire "micio bello e bamboccione".

Se ti inoltrerai lungo le calate dei vecchi moli
In quell'aria spessa carica di sale, gonfia di odori
lì ci troverai i ladri gli assassini e il tipo strano
quello che ha venduto per tremila lire sua madre a un nano.

Se tu penserai, se giudicherai
da buon borghese
li condannerai a cinquemila anni più le spese
ma se capirai, se li cercherai fino in fondo
se non sono gigli son pur sempre figli
vittime di questo mondo.

Fabrizio de André

#encontro

é dificil, tudo se complica. Encontrar pessoas depois de terem passado anos é uma sensaçao que ja conheçia, mas cada vez é sempre melhor. So que ha formas de se reencontrar, e desta vez gostei mas nao assim tanto. A maior razao pela qual vim ca foi o ultimo adeus, aquele ultimo adeus que nao pensava dizer assim cedo...sei que vou sentir saudades, sei que nao vais me deixar sozinha, mas nao consigo perdoar-te, nao percebo porque me fizeste isso, a mim e a quem te adorava...sabes que falo assim, é so raiva, desespero, afinal sabes também que vou te perdoar e sobretudo que nao vais sair daqui, desta cabecinha que anda sempre a pensar, sem parar, assim como dizias....portanto nao é o ultimo adeus, é so uma forma de te mandar o meu forte abraço...

illustrazione: Marco Cazzato
fonte: http://www.myspace.com/marcocazzato
(speriamo non me ne voglia...)

giovedì 22 gennaio 2009

Tool - Parabola



We barely remember who or what came before this precious moment,
We are choosing to be here right now. hold on, stay inside...
This holy reality, this holy experience. choosing to be here in...

This body. this body holding me. be my reminder here that I am not alone in
This body, this body holding me, feeling eternal all this pain is an illusion.

Alive

This holy reality, in this holy experience. choosing to be here in...

This body. this body holding me. be my reminder here that I am not alone in
This body, this body holding me, feeling eternal all this pain is an illusion...
Of what it means to be alive

Swirling round with this familiar parable.
Spinning, weaving round each new experience.
Recognize this as a holy gift and celebrate this
Chance to be alive and breathing
Chance to be alive and breathing.

This body holding me reminds me of my own mortality.
Embrace this moment. remember. we are eternal.
All this pain is an illusion.

giovedì 15 gennaio 2009

Festa Lebowski al Caffè sotto il mare

sabato 17 gennaio... accorrete in abbigliamento Lebowskiano al Cafè sotto il Mare...

fonte: http://www.ilcaffesottoilmare.blogspot.com/

Il Castello errante di Hawl- Miyazaki- al caffè sotto il mare


fonte: http://www.ilcaffesottoilmare.blogspot.com/

Semaforo Rosso- Ornella Vanoni, Toquinho, Vinicius de Moraes



Olá, como vai?
Eu vou indo, e você, tudo bem?
Tudo bem, eu vou indo, correndo
Pegar meu lugar no futuro , e você?
Tudo bem, eu vou indo, em busca
De um sono tranquilo, quem sabe?
Quanto tempo... pois é, quanto tempo...
Me perdoe a pressa
É a alma dos nosso negócios
Qual, não tem de quê, eu também só ando a cem
Quando é que você telefona?
Precisamos nos ver por aí
Pra semana,prometo, talvez nos vejamos
Quem sabe?
Quanto tempo, pois é... quanto tempo...
Tanta coisa que eu tinha a dizer
Mas eu sumi na poeira das ruas
Eu também tenho algo a dizer
Mas me foge a lembrança
Por favor, telefone
Eu preciso beber alguma coisa rapidamente
Pra semana... O sinal...
Eu procuro você...
Vai abrir, vai abrir!
Prometo, não esqueço
Por favor, não esqueça
Não esqueça, não esqueça , não esqueça

domenica 11 gennaio 2009

#para ti

O dia em que foste embora foi o ultimo dia em que escrevi... ainda faz mal, ainda é difícil enfrentar as coisas e mentalizar que vou ter que reagir de qualquer forma. Antes pensava que era tudo para mim, que fazia as coisas para a minha satisfação e para o meu bem estar, mas a vontade de telefonar logo para ti é só a confirmação do facto que tu eras, e para mim continuas a ser, indispensável para mim... nem imaginas como fiquei, como me deixaste... os astros disseram que este para mim é um ano de confirmações, um ano para colher os frutos de todos os esforços e os sacrifícios do ano passado... quando ouvi isso fiquei feliz mas houve um momento em que senti algo, como um travão que parasse a minha felicidade, e foi mesmo o não poder dizer isto a ninguém, ou melhor, não fazer o que fazia contigo... mas decidi que para mentalizar a tua ausência é preciso mentalizar que a tua é só uma ausência física, já que para mim não te foste, mas estas sempre aqui ao meu lado, e é para ti que este ano vou conseguir fazer aquilo que te tinha prometido, e de que tínhamos falado...para ti...

imagem: Chagall

giovedì 8 gennaio 2009

Carly Simon - You're so vain



You walked into the party like you were walking onto a yacht
Your hat strategically dipped below one eye
Your scarf it was apricot
You had one eye on the mirror as you watched yourself gavotte
And all the girls dreamed that theyd be your partner
Theyd be your partner, and...

Youre so vain, you probably think this song is about you
Youre so vain, Ill bet you think this song is about you
Dont you? dont you?

You had me several years ago when I was still quite naive
Well you said that we made such a pretty pair
And that you would never leave
But you gave away the things you loved and one of them was me
I had some dreams, they were clouds in my coffee
Clouds in my coffee, and...

I had some dreams they were clouds in my coffee
Clouds in my coffee, and...
Well I hear you went up to saratoga and your horse naturally won
Then you flew your lear jet up to nova scotia
To see the total eclipse of the sun
Well youre where you should be all the time
And when youre not youre with
Some underworld spy or the wife of a close friend
Wife of a close friend, and...

martedì 6 gennaio 2009

Carizzi R'amuri (Es-souk)



Ri notti cavaleri spuntanu ri vausi

firrianu ntunnu ntunnu ballanu
si priparanu i viu paittiri spiriscinu nto sonnu
accussì abbannunata cunta – ntunnu terra abbruciata sutta nfunnu scavannu acqua jlata
nzemmula beni e mali.

Es-souk si inchi
u cori si inchi
ri occhi nivuri
Es-souk si inchi
mi runi carezzi r'amuri.

Ntunnu ntunnu o focu fannu u me nomi
ballannu mi chiamanu sugnu ammira
tant'anni passati menzu a ventu e suli
si senti l'amuri comu scuma ri mari.

Ti nsunnava vulannu supra na naca r'acqua
occhi chini ri siti ballanu
si priparanu i viu paittiri spiriscinu nto sonnu
accussì addumata cunta – vampi i focu nni runa sutta nfunnu scavannu signali r'amuri
nzemmula beni e mali.

Es-souk si inchi...

Agricantus

domenica 4 gennaio 2009

A Naifa- Señoritas



naquele porto os metalómanos barcos
esmagam a paisagem
de energia brutal, parada.

num barco soviético
o marinheiro põe o punho a meio gás
como o comunismo enjeitado na sua terra.

disse-lhe que portugal ainda tinha muitos comunistas
mas o que ele queria saber era onde havia señoritas
que o levassem a dar uma volta.

letras: tiago gomes

beijo TiaGuini...

fonte:http://www.anaifa.com/pt_musicas08.html

venerdì 2 gennaio 2009

Domenica 4 Gennaio 2009 alle ore 18,00


Presentazione del libro "Petralia" di Ignazio Bascone.

Petralia è parte della storia di quell'Italia tagliata in due, è un
protagonista, è solo un uomo, un semplice picciotto venuto dal sud in Piemonte
per realizzare il sogno di una vittoria che trascinava una guerra già persa. E'
la storia semplice ma significativa e vibrante di un soldato divenuto comandante partigiano perché tradito dagli stessi ideali che lo avevano entusiasmato da giovane.

Alla presentazione interverranno, oltre l'autore stesso, Franco Sferlazzo e Salvino Martinciglio.

dove: Caffè letterario IL Caffè sotto il mare, via Libertà, Trapani.
fonte: http://ilcaffesottoilmare.blogspot.com/