martedì 31 marzo 2009

do blogue da Assírio & Alvim


APOSTILA
(considerações mínimas sobre Fernando Pessoa)

Pintura de Ilda David’
Espaço Pessoa & Companhia
28/03 – 02/05/2009

A Assírio & Alvim e a ABBC — Azevedo Neves, Benjamim Mendes, Bessa Monteiro, Carvalho e Associados, Sociedade de Advogados — convidam-no(a) para a inauguração da exposição de pintura de Ilda David’, que decorrerá no próximo sábado, dia 28 de Março, a partir das 19h00, no Espaço Pessoa & Companhia ao Largo de São Carlos, em Lisboa.

fonte: http://www.assirioealvim.blogspot.com/

domenica 22 marzo 2009

venerdì 13 marzo 2009

# caetano

Não tenho o hábito de ouvir aquelas musicas que me fazem lembrar de alguém..Foi por acaso que ouvi esta, e logo ontem, assim a minha cabeça encheu-se logo de pensamentos, bons e maus, de saudades, de arrepios...há poucas coisas que tem este poder de me fazer sentir assim...agora sou forte, agora já não preciso de nada, digo eu...mas não parece ser assim...não sei , talvez seja esta altura, devem ser os trinta anos, deve ser o facto que reparei que finalmente aquela cadeia de telefonemas e de receios já não existe.. e então faço como sempre fiz, ponho a musica a tocar e aproveito da voz do Caetano para viajar longe com os pensamentos e gozar o momento..



Às vezes, no silêncio da noite
Eu fico imaginando nós dois
Eu fico ali sonhando acordado, juntando
O antes, o agora e o depois
Por que você me deixa tão solto?
Por que você não cola em mim?
Tô me sentindo muito sozinho!

Não sou nem quero ser o seu dono
É que um carinho às vezes cai bem
Eu tenho meus desejos e planos secretos
Só abro pra você mais ninguém
Por que você me esquece e some?
E se eu me interessar por alguém?
E se ela, de repente, me ganha?

Quando a gente gosta
É claro que a gente cuida
Fala que me ama
Só que é da boca pra fora
Ou você me engana
Ou não está madura
Onde está você agora?

Quando a gente gosta
É claro que a gente cuida
Fala que me ama
Só que é da boca pra fora
Ou você me engana
Ou não está madura
Onde está você agora?

Caetano Veloso

martedì 10 marzo 2009

Last Goodbye - Jeff Buckley



This is our last goodbye
I hate to feel the love between us die
But its over
Just hear this and then Ill go
You gave me more to live for
More than youll ever know

This is our last embrace
Must I dream and always see your face
Why cant we overcome this wall
Well, maybe its just because I didnt know you at all

Kiss me, please kiss me
But kiss me out of desire, babe, and not consolation
You know it makes me so angry cause I know that in time
Ill only make you cry, this is our last goodbye

Did you say no, this cant happen to me,
And did you rush to the phone to call
Was there a voice unkind in the back of your mind
Saying maybe you didnt know him at all
You didnt know him at all, oh, you didnt know

Well, the bells out in the church tower chime
Burning clues into this heart of mine
Thinking so hard on her soft eyes and the memories
Offer signs that its over... its over