venerdì 13 marzo 2009

# caetano

Não tenho o hábito de ouvir aquelas musicas que me fazem lembrar de alguém..Foi por acaso que ouvi esta, e logo ontem, assim a minha cabeça encheu-se logo de pensamentos, bons e maus, de saudades, de arrepios...há poucas coisas que tem este poder de me fazer sentir assim...agora sou forte, agora já não preciso de nada, digo eu...mas não parece ser assim...não sei , talvez seja esta altura, devem ser os trinta anos, deve ser o facto que reparei que finalmente aquela cadeia de telefonemas e de receios já não existe.. e então faço como sempre fiz, ponho a musica a tocar e aproveito da voz do Caetano para viajar longe com os pensamentos e gozar o momento..



Às vezes, no silêncio da noite
Eu fico imaginando nós dois
Eu fico ali sonhando acordado, juntando
O antes, o agora e o depois
Por que você me deixa tão solto?
Por que você não cola em mim?
Tô me sentindo muito sozinho!

Não sou nem quero ser o seu dono
É que um carinho às vezes cai bem
Eu tenho meus desejos e planos secretos
Só abro pra você mais ninguém
Por que você me esquece e some?
E se eu me interessar por alguém?
E se ela, de repente, me ganha?

Quando a gente gosta
É claro que a gente cuida
Fala que me ama
Só que é da boca pra fora
Ou você me engana
Ou não está madura
Onde está você agora?

Quando a gente gosta
É claro que a gente cuida
Fala que me ama
Só que é da boca pra fora
Ou você me engana
Ou não está madura
Onde está você agora?

Caetano Veloso

Nessun commento: