sabato 7 giugno 2008

"Hoje venho ofrecer esta tristeza às coisas
no gesto esquivo de nao as desejar
pôs em minha alma como o sol nas frias lousas
a vida o gosto de esplandecer em recusar.
sao-me alheias estas margens onde corre
o destino que aos deuses eu lancei.
o que me doi é ver que tudo morre
noutras maos em gestos que tracei".

Natália Correia Inéditos (1955/1957), Poesia Completa, p. 97



1 commento:

provokactor ha detto...

...bonito, puissant!