giovedì 18 settembre 2008

António Aragão

"Vai não com mãos de fadas
a bailar quimeras...
Que outra voz
te anime o leme;
que outra vela
te guarde a saudade"

António Aragão, Arquipélago, Funchal, 1952



Exemplo de poesia encontrada de António Aragão

da: http://po-ex.net/index.php?option=com_content&task=view&id=21&Itemid=35&lang=

Nessun commento: