giovedì 27 novembre 2008

#

Acordar e sentir-se preso nas escolhas dos outros é um pesadelo...o pior pesadelo, e então como acontece ao protagonista de "O Processo"(de Kafka) dependemos dos outros e do que eles pensam, das decisões deles...sem poder fazer nada...uma sensação inquietante, pesada, que tem só uma solução.. a fuga...Fugir...sempre admirei quem consegue fugir sem importar-se com as coisas e com as pessoas...sim admirei, eu não sou capaz, gostava muito ser assim leve...mas a fuga deixa as coisas sem solução, magoa as pessoas... deve haver outra maneira...

"prisioneira do corpo
a alma vive em guerra
com o seu carcereiro"
Carlos Drummond de Andrade

Nessun commento: